Vinícola lança tour que une vinho e fé

A partir de 26 de maio de 2018, as imagens de Santa Lúcia, que sempre estiveram à disposição dos visitantes ao lado dos vinhos e espumantes no varejo da Adega Chesini, ganharão destaque. Milagre ocorrido na fonte d’água instalada na propriedade da vinícola, creditado à protetora dos olhos – que teria devolvido a visão de um integrante da família -, passa a ser o mote do novo passeio da Adega Chesini. (Confira a história abaixo).

    tour guiado pela vinícola inclui os setores de elaboração dos vinhos e espumantes, a cave, o museu familiar e a fonte milagrosa. Ao longo do passeio são narrados a criação e o desenvolvimento da vinícola e da localidade onde está situada, com destaque para a história de fé que as envolve. Também são contados detalhes sobre a produção do vinho canônico, especial para missa, produzido pela empresa desde a década de 1970. Na sequência, acontece o Momento da Partilha, com duração de cerca de 10 minutos, que faz uma referência às primeiras comunidades cristãs, com passagens bíblicas e a partilha do pão e do vinho em jarros e copos de cerâmica.

A visitação termina com refeição temática. O cardápio, elaborado com fundamentação bíblica, tem peixe assado, salada com ervas amargas, grãos, lentilha, arroz e vários tipos de pães, entre eles o pão sem fermento, utilizado por Jesus Cristo na Santa Ceia. A sobremesa é pera ao vinho com mel e toda refeição é regada a vinhos, principalmente o branco moscato, da Indicação de Procedência Farroupilha (IP-Farroupilha). (Veja o cardápio completo na sequência).

A vivência Sabor e Fé, estará disponível para grupos de 12 a 25 pessoas, com agendamento prévio, ao valor de R$ 95,00 por pessoa.  Mais informações pelo telefone (54) 3464-2424 ou e-mail visitas@adegachesini.com.br.

 1b

Sabor e Fé: a história do milagre

Em 1932, a família Chesini possuía uma ferraria, onde uma limalha de ferro cegou Eduardo Chesini, irmão de Felippe Thomás Chesini, fundador da Adega. Diante da constatação de que não voltaria a enxergar, a família recorreu à fé, fazendo novena à Santa Lúcia, protetora dos olhos. Eduardo além de rezar, lavava todos os dias olhos na fonte d’água utilizada pela família para consumo. Pedindo pela recuperação de sua visão, ele prometeu, sendo atendido, construir um capitel religioso para abrigar imagem da santa na localidade. Em menos de um ano, ele recuperou a visão e o milagre foi atribuído pelos moradores à protetora dos olhos, por meio da água onde eram feitas as orações. Em visita do pároco da cidade para abençoar a pequena capela do interior, o religioso chamou a localidade, que abrigava apenas seis famílias e ainda não possuía nome, de Vila Rica – uma referência à riqueza da fé de seus moradores. Passados cerca de trinta anos, a família Chesini, iniciou a comercialização de vinhos, com as primeiras instalações do que viria a ser a Adega Chesini, no entorno da fonte milagrosa, mantida até os dias atuais na propriedade.

Sabor e Fé: cardápio e bebidas

Cardápio

Antepasto:Patê de manteiga com ervas finas. Saladas:Alface com frutas secas e azeitona; Ervas amargas (radicci e rúcula). Pratos quentes:Peixe recheado assado, arroz e lentilha. Acompanhamentos:Pães e farofa. Sobremesa:Pera ao vinho tinto com calda de mel.

Bebidas

Vinho Rosado Licoroso; Vinho Branco seco Moscato (IP Farroupilha); Vinho Branco seco Lorena; Vinho Tinto Seco Cabernet Sauvignon; Espumante Moscatel; Suco de Uva integral; Água.

 

Sabor e Fé: o projeto

Além do milagre de Santa Lúcia ocorrido na família Chesini e que originou o distrito de Vila Rica, o projeto Sabor e Fé foi embasado por outros três pilares que envolvem a religiosidade e a vinícola localizada na divisa entre os municípios de Farroupilha e Garibaldi. O primeiro deles tem a ver com Farroupilha, a terra do Santuário de Caravaggio, e faz alusão à devoção dos imigrantes da região do Vêneto. Eles deslocavam-se de trem até o porto, parando no Santuário de Caravaggio, em Caravaggio, na Itália, antes de deixarem o país rumo às terras brasileiras. Por isso, a escolha do dia de Nossa Senhora de Caravaggio, 26 de maio, para a abertura da vivência “Sabor e Fé”. O segundo pilar tem ligação com Garibaldi, sendo que Vila Rica pertence à paróquia do município, antiga colônia Conde D’Eu , onde chegaram os primeiros freis capuchinhos do RS, ordem que coordena a paróquia até os dias atuais. Terceiro, a Adega Chesini é uma das poucas vinícolas gaúchas que elaboram o vinho canônico, também chamado de “vinho santo” por ser utilizado pela igreja católica nas missas, simbolizando o sangue de Cristo.

 

Fotos, crédito: Carla Chesini Fraporti

Foto capa: Adega Chesini apresenta a vivência “Sabor e Fé”, unindo religiosidade, vinho e gastronomia durante visitação à vinícola

Foto matéria: milagre religioso e elementos bíblicos são mote da apresentação da vinícola e do cardápio oferecido aos visitantes

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>