Vinho em lata. O que acha da ideia?

Já falamos aqui sobre o vinho no bag-in-box (relembre aqui), agora é a vez do vinho em lata.

Focada em um público mais jovem e descolado, a Vivant Wines lança o primeiro vinho fino e seco natural (sem adição de CO2) em lata do Brasil. A ideia surgiu quando um dos sócios, Leonardo Atherino, se viu em uma situação inusitada em uma festa. “Comprei uma garrafa de vinho e fui curtir a festa. Quando percebi, estava com uma garrafa na mão e uma taça na outra e tinha que colocar um dos dois no chão para conseguir cumprimentar os amigos”, lembra o CSO da empresa.

E foi aí que ele, com mais dois amigos, Alex Homburger e André Nogueira, deu vida à Vivant. Depois de muita pesquisa, os três foram até a região Sul do país conhecer as vinícolas e aprender um pouco mais sobre a produção de vinhos. Junto com o sommelier da equipe, Felippe Siqueira, com patente da Le Cordon Bleu de Paris, eles selecionaram, em conjunto com a Vinícola Quinta Don Bonifácio, um blend especial, que se adaptasse com perfeição às latas.

De lá para cá, foram muitas produções e hoje a Vivant conta com três rótulos diferentes: tinto (Cabernet/ Merlot), branco (Chardonnay) e rosé (Syrah/ Pinot noir). O intuito da marca não é substituir a bebida de garrafa, mas agregar com sua praticidade aos momentos em que o vidro não se encaixa tão bem.

“Muita gente fica resistente quando mostramos a bebida na lata. Mas, logo que elas experimentam, se surpreendem. Os vinhos da Vivant não perdem em nada na qualidade, se comparado aos tradicionais de garrafas”, explica Alex Homburguer, CEO.

O vinho em lata traz um conceito mais leve e descontraído, que prova que ele pode ser consumido em qualquer lugar e ocasião. A missão da empresa é mostrar que a bebida é para ser degustada na piscina, na praia, nas festas ou em casa. O importante é ter sabor.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>