Valpolicella Ripasso DOC Monte Tabor 2015 – Fidora

Num dia frio, ou numa ocasião que tenha uma comida mais propícia, vale a pena abrir um bom vinho do Veneto, principalmente se for um Ripasso ou um Amarone. Esses vinhos são mais encorpados, em geral com uma graduação alcoólica mais alta e se for de qualidade, vai te dar um enorme prazer, pois são super aromáticos, encorpados e redondos. Daqueles que se desse, a gente ficava bebendo mais e mais (não dá por questões óbvias como teor alcóolico e preço também).

E foi só fazer um friozinho agora no final de agosto que eu corri abrir esse Ripasso DOC Monte Tabor 2015, da Fidora, que é importado pela Winelands aqui no Brasil.

Feito com as uvas típicas e autorizadas pela região – Corvina, Rondinella e Molinara – esse é um vinho que precisa ser aberto com atencedência, ou seja, abra a garrafa umas 2 horas antes de beber, para que ele “tome um ar” e apresente seus aromas e sabores mais fortemente.

Com aromas e sabores de frutas vermelhas levemente adocicadas e bastante intenso na boca, com um bom balanço entre a acidez e os taninos, é um vinho bem feito. Se combinado com a comida certa, que pode ser um polpetone com molho vermelho ou simplesmente um bom spguetti ao sugo, vai ficar ainda melhor. É para beber com calma e ir percebendo a sua transformação ao longo do tempo de aberto, que vai ficando melhor a cada minuto.

Aproveite o frio enquanto é tempo. Daqui a pouco estamos de volta com os rosés, brancos e espumantes.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>