Um momento para reflexão sobre os tempos modernos e os pais de bebês

Hoje não vou falar sobre vinhos. Quero aproveitar o canal para comentar sobre algo que vem acontecendo comigo e que pode acontecer com você também, caso tenha um bebê em casa. Eu tenho um filho, o Antonio, que nasceu em Maio/2014 (está com 6 meses).

Como eu tenho um horário de trabalho flexível, eu faço questão de acompanhar a minha esposa em todas as consultas, vacinas e tudo que eu puder. Aliás, o banho dele é por minha conta aqui em casa e nem tentem tirar isso de mim!

O que para mim parece normal (essa participação em casa), talvez ainda não esteja muito bem trabalhado para a sociedade. Recentemente procurei escolinha de natação para ele. Encontrei várias, com piscinas sem cloro, salva-vidas e tudo mais que precisamos, mas o meu problema está na hora de dar banho nele. Só tem trocador de bebês no banheiro feminino!

E ao me aprofundar no assunto, percebi que isso acontece também em Shoppings, em Restaurantes, hotéis (nas áreas comuns). Ou seja, se eu quiser trocar meu filho, precisam pedir para todas as mulheres sairem do banheiro para eu usar. É mole?

Conversando com o meu amigo Marcio Cimatti, do blog A Janela Laranja, ele me contou sobre um post que fez quando passou pelo mesmo problema. Ele fez até um manifesto (veja aqui) e eu não só assinei como também coloquei o selo no meu blog.

Se você também passa ou passou por isso, ou simplesmente simpatiza, compartilhe. Vamos pedir para que coloquem os trocadores nos banheiros masculinos também, afinal de contas, nós pais participamos de tudo. Dos momentos de brincadeiras, do sustento e também dos momentos íntimos!

Um abraço e até o próximo brinde.

Daniel Perches

You Might Also Like

2 Comentários

  1. 1

    Grande Daniel,
    moro em Campinas , (terra q vc bem conhece), sou pai de gêmeas , hoje com 1 ano e 10 meses e entendo perfeitamente o que está falando . Não existe coisa melhor que poder estar junto dos nossos filhos , assim como vc tenho flexibilidade com horário de trabalho (sou médico e reduzi muito meu consultório para ficar mais tempo com as pequenas). Tenho notado que realmente são poucos os lugares que tem uma área “mista” para trocar as fraldas . Fico contente que tem muitos pais (eu , vc , e seu amigo, rs) com o mesmo pensamento.
    Abraço .

  2. 2

    Marcelo, espero que nosso manifesto sirva para melhorar o serviço. Uma amiga deu uma ideia legal: que eles comprem uma banheira portátil e deixem lá pra gente usar. Já ajuda, né?
    Parabéns pelas filhas.
    Um abraço

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>