Roncoferraro Moscato Giallo 2008

A Moscato Giallo me parece uma uva bastante consumida (em vinhos, claro), no sul do Brasil, mas em outras regiões ela não é tão comum assim. Essa é a minha impressão e sem nenhum embasamento técnico (inclusive se alguém tiver alguma informação contrária ou complementar, por favor me mande).

Talvez essa minha impressão seja porque eu só provei esse vinho lá e vi muita gente falando (bem) desses vinhos nessas viagens.

E é de lá que vem esse vinho, que é produzido pela Vinícola Bassanesi, que eu já comentei alguns vinhos aqui. Esse fez parte da amostra que o Vainer, que é Diretor da Bassanesi me mandou para provar.

roncoferraro_moscato_giallo_2008O vinho tem uma coloração amarelo dourado claro e é muito aromático. Passa por florais, mel e cítricos. Em boca é um vinho leve (tem 11% de álcool), mas bem balanceado. Há até um toque adocicado no final, lembrando inclusive os nossos espumantes feitos de moscatel.

Esse vinho é um bom acompanhamento para entradas, saladas verdes e sem muito tempero e até frutos do mar. Deve ser consumido a uma temperatura mais baixa para exalar todos os seus aromas e ser agradável em boca.

Sugiro provar um vinho de Moscato Giallo para fugir um pouco dos tradicionais “Chardonnay-Sauvignon Blanc-Riesling” que encontramos facilmente por aí. É uma boa pedida para o dia a dia, principalmente em dias quentes.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

4 Comentários

  1. 1

    Daniel. Sempre que subo à serra procuro os garrafões, meio escondidos, desta uva, digo meio escondidos porque gosto daqueles que eles usam nas suas festas e encontros. A Moscato Giallo é muito boa. Fresca, baixo teor alcoólico, serve de entrada ou final de um almoço, combina muito bem com o Gorgonzola e na média é sempre boa. Não teremos vinhos estremes desta casta, mas também não vamos beber uma bomba. Outra vantagem é que os vinhos estilo colonial utilizam muito pouco de agrotóxicos, conservantes e outras químicas. Um outro par muito boa mas encontro cada vez menos é a Trebianno mais seca e moneos aromática, mas igual par para uma boa conversa regada a vinho.

  2. 2
  3. 3

    Ela era muito usada para os vinhos de garrafão lá pelos anos 80, mas não tenho mais visto. As vezes se encontra, mas não com facilidade de antes.

    Gosto desta Moscato, não querendo que ela seja uma Chardonnay, ela vai bem.

  4. 4

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>