Primeira Estrada Syrah 2010 – o vinho mineiro que surpreendeu a todos

Assim que entrei no Circuito Brasileiro de Degustação em São Paulo (aconteceu no dia 25/10), fui sendo bombardeado por amigos e conhecidos me falando de um tal vinho mineiro que tinha por lá que era muito interessante.

Depois de andar por quase todo o evento, finalmente consegui parar na mesa da Vinícola Estrada Real. Situados nas montanhas do sul de Minas Gerais, os caras resolveram apostar na produção de vinho, algo não muito comum por lá.

Mas as peculiaridades não param por aí. Lá eles fazem o que se chama de “ciclo invertido” e as uvas são colhidas no inverno, ao contrário do que é feito no resto do mundo, que colhe durante o verão.

Depois de saber dessas informações, é claro que a minha expectativa estava alta, pois queria saber se realmente é possível fazer vinho bom por lá. E a resposta é SIM, é possível.

Por enquanto a vinícola só faz dois vinhos. Um rosé de Syrah e esse, que é um tinto relativamente encorpado, que tem aromas de frutas vermelhas e negras, toques de especiarias e um leve tostado no final. Comentei com um amigo que se a gente pegasse esse vinho às cegas provavelmente pensaríamos que era um exemplar do Velho Mundo. Alguns arriscaram ser algo como um “Mini Chateauneuf-du-Pape”. Não sei se é para tanto, mas é fato que o vinho tem uma excelente qualidade.

É um vinho que vai custar em torno de 65 reais. Não é barato e sinceramente já provei outros que eu considero de qualidade superior por preço até menor, mas sem dúvida vale conhecer. É um ótimo vinho. E mineiro!

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

2 Comentários

  1. 1
  2. 3

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>