Porto Quinta do Crasto Vintage 2010

No meu carnaval de 2015 teve bastante vinho bom. Bebi espumante argentino, vinhos tintos espanhóis e argentinos, um branco feito no Peru e não poderia faltar um bom Porto. Não tive dúvidas e resolvi abrir o meu Porto Quinta do Crasto Vintage 2010 (Qualimpor), que eu trouxe lá da vinícola quando estive em Portugal, no final do ano passado.

Gostei muito da Quinta do Crasto e certamente é um lugar que eu gostaria de voltar, pois o ambiente é maravilhoso, a vista para o Rio Douro é fenomenal e os vinhos são de altíssima qualidade. Nada mais justo do que “reviver” esse momento neste carnaval.

quinta_Crasto_Vintage_2010E se você quer conhecer um vinho do Porto de respeito, prove esse Vintage. Aliás, só para lembrar, para ser considerado Vintage ele deve ser só de uma safra (esse é 2010) e ser aprovado pelo comitê do Vinho do Porto, coisa que não é nada fácil. Mas a safra deste ano foi muito boa e parece que o pessoal do Crasto soube aproveitar bem.

O vinho ainda estava “negro”, de tão concentrado. Aromas de frutas doces, madeira e bastante chocolate, tudo muito intenso, mas ao mesmo tempo delicioso.

Para a minha sorte eu tinha umas trufas do Senhor Brigadeiro comigo, o que tornou a experiência ainda melhor.

Se puder provar esse, não se arrependerá.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>