Pérez Cruz Quelen 2006

Esse é o vinho ícone da bodega Pérez Cruz, que fica no Chile, mais precisamente no Maipo Alto (bem perto de Santiago, a uns 45 km de distância).

A bodega é famosa e produz vinhos aclamados pela crítica. Pude provar a linha toda que está no Brasil e esse foi um dos que me impressionou pela sua classe e elegância. É um corte de Petit Verdot, Carmenere e Cot (também conhecida como a boa e velha Malbec) que foi muito bem balanceado pelo enólogo para produzir um vinho longevo e que lembra o estilo de Bordeaux.

Apesar de já ter 5 anos de vida, é um vinho muito jovem ainda. No nariz apresentou aromas muito vivos de frutas vermelhas mesclados com os aromas vindos das barricas, onde fica por 14 meses antes de ser engarrafado. Desse processo de envelhecimento surgem aromas de chocolate, tabaco e um toque mentolado. Não senti aquele aroma típico de goiaba, que eventualmente encontramos nos vinhos chilenos. Ficamos com o vinho aberto por pouco tempo, mas acredito que se decantado por algumas horas antes de beber, ele vai soltar ainda mais aromas.

Em boca é muito macio e sedoso e realmente parece um vinho do velho mundo. Apesar de ser jovem (e potente) é possível beber agora. Eu só gostaria de saber como esse vinho estará daqui alguns anos. Com certeza ganhará ainda mais complexidade. E se você tiver paciência, não hesite em guardá-lo por uns 5 anos ou mais. Ele com certeza aguentará e retribuirá.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>