Os pais e seus superpoderes

 

Um dia meu pai me contou como era bom ser pai. Eu já tinha alguma idade e já era casado (e eu casei tarde) e hoje sei o quanto ele esperou para me contar tudo isso. Meu pai guardou toda a sua experiência, todos os seus anos de dedicação aos filhos, todos os banhos, as idas ao médico, as madrugadas acordadas para buscar na balada, o dia que ele se preparou para o meu casamento… tudo isso ele guardou para me contar no dia mais importante da minha vida.

Meu pai me contou tudo isso – e muito mais – no dia que nasceu meu filho. Foi no dia mais importante da minha vida que ele estava lá para me contar algo que eu nunca esquecerei.

E o melhor é que ele continua com superpoderes. Ele me contou tudo isso só com um olhar.

Um beijo, pai. Te amo!

Daniel

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>