Odfjell Orzada Carmenère 2011

Algum tempo atrás eu recebi um “desafio” do Laurence Odfjell (proprietário da vinícola) e do Deco Rossi (embaixador dos vinhos aqui no Brasil), que era abrir uma garrafa de vinho da Odfjell e ir provando durante 7 dias. Eu fiz isso e fui me surpreendendo com a qualidade do vinho. É claro que ao final ele já estava “cansado”, afinal de contas estava aberto há vários dias, mas ele segurou muito bem e muito melhor do que eu esperava.

Mas essa não foi a primeira vez que provei os vinhos da Odfjell. Eu já conheço há um bom tempo e aprecio todos eles (aliás, já estive até na vinícola, que é linda e merece a visita quando estiver no Chile).

E eu tinha esse Orzada Carmenere 2011 guardado em casa há um bom tempo e com a quarentena, resolvi abrir umas garrafas mais antigas e foi a vez desse.

O vinho estava perfeito, em plena forma, com aromas super intensos de frutas negras e para os mais preocupados com a Carmenere, sem aqueles toques que lembram pimentão. Neste vinho eu sentia só frutas negras, um tostado e um leve defumado.

Ele é bem encorpado – e até por isso que aguentou tanto tempo – e merece uma comida à altura. Um guisado, uma carne de panela ou até um assado de cordeiro, por exemplo, são bons acompanhamentos.

Se você encontrar uma garrafa mais antiga da linha Orzada da Odfjell por aí, pode comprar que vai ser uma boa experiência.

Os vinhos são importados pela World Wine no Brasil.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>