Obikwa Chenin Blanc 2006

Sempre que eu vou beber um vinho, eu fico pensando no país e na região de onde veio. Acho que isso ajuda a entender o vinho.

E com os vinhos da África do Sul eu exercito ainda mais a minha criatividade. Primeiro porque eu nunca fui para lá, segundo porque eu sempre penso numa savana, naqueles safáris, etc.

Mas, quando bebemos vinhos brancos, a coisa é um pouco diferente. Eles geralmente são mais delicados e mais leves.

obikwa_cbBem, não foi assim com esse Chenin Blanc. Logo ao colocá-lo na taça, já percebi que seria algo mais “forte e africano”. Sua coloração amarela ouro mostrou pra que veio. Realmente um vinho com muito caráter.

No nariz, aromas de frutas frescas, como melão e pêra. Algum cítrico também apareceu. Na boca tem um corpo médio e com um álcool equilibrado. O final é muito agradável e redondo.

Resultado final: continuo com a minha (boa) impressão sobre os vinhos sul-africanos. Fico imaginando os vinhedos com aquela grande quantidade de sol e calor e aquelas uvas fortes e bem tratadas, grandonas… Será que é assim mesmo?

Alguém já foi visitar os vinhedos de lá? Se sim, conta pra gente!

 

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>