O que mudou no Miolo Cuvée Tradition

Publiquei um post sobre o espumante Miolo Cuvée Tradition Brut e um leitor me perguntou o que havia mudado.

Encaminhei a pergunta à Miolo, que me respondeu e eu replico na íntegra, abaixo, para esclarecer as dúvidas. Obrigado ao Fábio e à Grabriela pela atenção.

——————————————–

Olá Daniel, tudo bem?

Sobre a sua dúvida, quanto a real mudança da linha de espumantes cuvèe traditon, seguem algumas considerações:

Os espumantes Miolo Cuvée Tradition substitui os já consagrados Miolo Brut e o Miolo Brut Rosé, que projetaram a Miolo entre as principais produtoras de espumantes do País. Além disso, a linha foi ampliada. Incluímos um espumante demi-sec, também elaborado pelo tradicional método champenoise.

O projeto Cuvée Tradition exigiu investimentos de aproximadamente R$ 5 milhões realizado a partir de uma parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) visando buscar a excelência na produção de espumantes e triplicar a elaboração destes na Miolo no Vale dos Vinhedos (RS) para 1,5 milhões de garrafas.

Os recursos foram aplicados na modernização dos vinhedos e em máquinas específicas para o champenoise. O projeto determinou a automatização de todo o sistema da vinificação com alta tecnologia objetivando viabilizar um sistema artesanal em escala de produção. A tecnologia foi importada da Europa e desenvolvida no Brasil.

As principais mudanças ocorreram na automatização da “Remuage”- processo no qual as garrafas eram giradas ¼ de volta manualmente todos os dias, durante aproximadamente uma semana visando decantar as leveduras do espumante para sua extremidade – e do degorgemant – que consiste no congelamento do gargalo das garrafas, juntamente com as leveduras que ali se depositaram. Dessa forma, quando a garrafa é aberta para a retirada desses precipitados a perda de pressão diminui bastante. As máquinas melhoraram os processos e possibilitaram uma constância na qualidade, tão importante para a consolidação de uma marca. Foi justamente para que o consumidor identificasse essa mudança positiva nos espumantes, que remodelamos e modernizamos todo o packaging.  Hoje a linha cuvèe tradiiton, tem rótulos elegantes, que remetem ao conceito de sofisticação do produto.

You Might Also Like

2 Comentários

  1. 1

    Daniel,
    Eu que postei essa duvida. Obrigado pelo contato com a Miolo e a resposta. Com todo esse investimento realmente o novo espumante deve ter melhorado. Ainda e possivel encontrar o espumante antigo. Estou pensando em comprar uma garrafa do antigo e do novo para comparar. Bom exercicio nao acha?
    Abs,
    Ale

  2. 2

    Alexandre

    Desculpe pela confusão. Que bom que viu a resposta.
    Acho uma ótima idéia. Se fizer esse comparativo, me manda depois que eu publico!
    Um abraço

    Daniel

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>