O mercado brasileiro de vinhos está crescendo

Tenho recebido várias informações sobre vinhos brasileiros que animam qualquer mercado. Ao que me parece, o setor está bem aquecido e todo mundo está crescendo.

Antes de mais nada, é importante entender que o mercado de vinho fino ainda é muito pequeno no Brasil. O brasileiro consome cerca de 2 litros de vinho por ano. É muito pouco, se comparado com a França, que consome quase 30 vezes mais. Sim, há distorções, se considerar que pelo tamanho do Brasil e a pobreza que há aqui e o alto valor do vinho, até que é um número considerável.

Mas de qualquer forma, o que importa é que estamos crescendo. E acabei de receber a notícia de que a vinícola Domno projeta um crescimento de 30% para 2011. Segundo Nelsir Kuffel, gerente comercial da vinícola que pertence ao grupo da família Valduga, a Domno cresceu 25% no primeiro semestre do ano.

Cito a Domno para ilustrar, mas há vários outros que estão crescendo também. E não só crescendo em números, mas em qualidade. Não sei se eu que estou muito animado com isso, mas acho que o vinho brasileiro está no caminho certo.

E se você aind tem dúvidas sobre a qualidade (ou tem preconceito), não tem problema. Compre um (bom) vinho brasileiro e coloque ele numa prova às cegas com outros que você gosta e veja o resultado. Independente de conhecer mais ou menos sobre vinhos, o que vai importar no final é se você gostou ou não do vinho. Se fizer, me conte. Eu faço sempre e me surpreendo a cada dia.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

2 Comentários

  1. 1

    Daniel amigo, saúde. Se permite uma correção, o consumo de vinho fino no Brasil é ainda menor do que você falou, pois os 2 litros per capita referem-se a todo vinho (incluso o “de mesa”), sendo o “fino” de vitis-vinífera, responsável por apenas 0,6 litro. Leia meu post de hoje Degustar Divulgar a respeito do crescimento das cervejas Premium que já representam um mercado dez vezes maior que o de vinho fino no Brasil. http://blogdodidu.zip.net

  2. 2

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>