Nas estradas de Mendoza – 2º dia

No nosso segundo dia de viagem, o destino foi o Vale do Uco, que fica a mais ou menos 100km de Mendoza. Com transito normal, em mais ou menos 1:15h chegaríamos à nossa primeira visita, mas não contávamos com um piquete de caminhoneiros, que fechou a estrada sobre o Rio Mendoza. Ainda não sabemos o que estavam reivindicando. Por enquanto só sabemos que os desvios e a lentidão do trânsito nos fizeram passar mais de 3h na estrada. Foi praticamente um trânsito de São Paulo!

Mas valeu a pena. As vinícolas visitadas foram de ótima qualidade e os vinhos excelentes.

Começamos com a Atamisque, que tem seu nome por conta de uma planta que cresce em volta da vinícola. Seus donos, franceses, dão o tom de como devem ser os vinhos. Encontramos caldos elegantes, com madeira muito bem integrada. O Pinot Noir deles me encantou.

Depois partimos para a Salentein, que nos recebeu em sua moderníssima vinícola, que tem junto um complexo turístico e uma galeria de artes. Novamente encontramos vinhos elegantes e de novo um outro Pinot Noir de ótima qualidade.

E por último tivemos um almoço harmonizado na vinícola O.Fournier. Cada prato combinando com um vinho. Sauvignon Blanc muito fresco, um chardonnay que passa levemente por barrica e depois o Beta Crux e o Alpha Crux, dois tintos de bastante caráter. Esses são feitos com Tempranillo e Merlot, sendo que o Alpha é feito com vinhas velhas, de mais de 60 anos.

Hoje é o dia mais intenso de todos, com 4 visitas e ainda um asado à noite, com nossos amigos da Mendoza Holidays. Pique total por aqui, mas sempre com a sensação de que precisaríamos de muito mais tempo para conhecer mais e mais. Aqui tem muita coisa boa, de qualidade e vários desconhecidos. Vale a pena visitar.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>