Mongeard-Mugneret Grands-Echezeaux Grand Cru 2008

Em minha viagem no começo do ano para a França, tive a oportunidade de visitar alguns produtores na Borgonha. E foi lá que eu conheci a Mongeard-Mugneret. Sorte a minha, pois foi também lá que eu conheci esse vinho, junto com a produtora, e posso dizer seguramente que esse foi o melhor vinho que eu provei por aquela região.

A Mongeard-Mugneret é uma vinícola familiar que está em sua nona geração (isso mesmo, nona. Daí já se imagina há quanto tempo eles fazem vinho) e têm terras em várias apelações da Borgonha. E com o tempo e as gerações, com certeza vieram também o talento e a qualidade dos vinhos.

O Grands-Echezeaux Grand Cru 2008 me deixou encantado. Produzido no noroeste da Borgonha, em pouco mais de um hectare, é feito somente com uvas de vinhas velhas, com idade entre 40 e 68 anos.

Descrever seus aromas de forma sucinta é praticamente impossível, pois além de um belíssimo bouquet, é um vinho que vai evoluindo na taça de forma gradativa e bem devagar. É daqueles vinhos que a gente fica guardando na taça para beber devagarinho, pra ver o que vem na próxima vez. Foi um festival de frutas vermelhas, cereja, morango, flores do campo, leve toque de caramelo (bem leve, que parece que vem só para dar um refinamento) e um pouco de madeira o que eu pude anotar na hora, mas com certeza outros me vieram e eu estava tão extasiado que nem anotei.

Em boca o vinho parece não ter arestas. É um vinho que ainda está jovem e seu tanino mostra-se ainda um pouco marcante, mas muito elegante. Seu final é bem longo e saboroso. Amargor passa longe desse vinho.

É um vinho de guarda. A produtora me sugeriu guardar pelo menos mais 10 anos para consumir, para que se possa aproveitá-lo mais maduro.

Eu trouxe um pra mim, mas não posso garantir que guardarei todo esse tempo. Esse vinho ainda não está disponível no Brasil, mas está chegando. Quem está trazendo é a Ravin. Se você procura um grande vinho da Borgonha, pode comprar esse de olhos fechados. É garantia de sucesso!

Provei também outros do mesmo produtor, que vou comentar em breve.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

3 Comentários

  1. 1
  2. 2
  3. 3

    Pois é meu amigo,
    Aqui basta adicionar um zero para saber quanto vai custar em reais…!
    Ah, esqueci de te dizer que vc já está no meu blogroll dos blogs que recomendo no Mondovinho. http://mondovinho.blogspot.com/
    Gosto muito da sua abordagem, sobretudo dos seus vídeos em estilo Vanyerchuck 😉
    Parabéns e um grande abraço!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>