Miolo Terranova Brut #cbe

Dessa vez o vinho escolhido para a Confraria Brasileira de Enoblogs foi um espumante produzido no Nordeste do Brasil. Boa escolha e pra falar sobre ele, hoje teremos um post diferente. Vamos de vídeo.

Veja abaixo as minhas impressões sobre o Miolo Terranova Blanc de Blancs.

You Might Also Like

16 Comentários

  1. 1
  2. 2
  3. 3

    oi Dani, ja degustei esse espumante TerraNova e achei interessante para quem esta iniciando no mundo do vinho….,Imagino que daqui algum tempo a região do Vale do São Francisco poderá produzir espumantes de maior qualidade…
    abraços

  4. 4

    Daniel, parabéns pelo comentário e especialmente pela ideia do vídeo.

    Em março do ano passado comentei esse espumante no blog, de um lote de 2008. Provavelmente não era o mesmo que o seu.

    Na época me pareceu um espumante despretensioso, mas bom pelo preço ($22), melhor opção que o MOSCATEL que comentei hoje para a CBE.

    Grande abraço.

  5. 5

    Olá Daniel, o fato de a Miolo conseguir até 5 safras no ano, pensei que fossem 4, deve-se pelo fato de não haver inverno aqui no Nordeste, principalmente em Petrolina e Região do interior do meu Pernambuco e da Bahia. Sempre com temperaturas altas durante o dia, por volta dos 33 até 42 graus, e a noite baixando para 20, a 18 graus. Em algumas épocas do ano pode chover, como nos meses de Novembro a Março, mas geralmente até fevereiro. Estas chuvas são diferentes da Capital Recife, que acontece entre abril e julho.

    Assim, com clima quente o ano todo, é verão sempre, e as fazendas geralmente tem irrigação, pelo Rio São Francisco, onde podem mesmo em meses de estiagem ter água para as videiras. Em visita a Miolo no Rio Grande do Sul, a guia me comentou, se não estou enganado, que por conta da produção initerrrupta, as videiras tem ciclos de vida menores, ou seja, produzem durante 20 anos no máximo. Mas vale checar esta última informação. Petrolina, fica a uma hora de vôo de Recife, maios ou menos 900 km, e é o maior pólo exportador de frutas do Brasil. Principalmente uvas e mangas. Os aviões partem direto do aeroporto de Petrolina para Europa geralmente e EUA.

    Quanto ao espumante, pelo preço, e pelas uvas que o compõe, os sabores são realmente diferentes dos demais espumantes, mas acho que pelo preço, encontrado no Recife por R$ 18,00 a R$ 20,00, torna-se aquele espumante para o dia a dia, sem maiores pretensões. Indico também o Brut da Rio Sol, outro produtor instalado no Vale do São Francisco. Empresa portuguesa que tem alguns tintos interessantes com uvas Shiraz.

  6. 6

    Daniel,

    Legal a iniciativa do videopost, talvez até pioneira aqui no Brasil. Já vi algo similar no Youtube.
    Quanto ao espumante do Nordeste, acho que ainda tem um longo caminho a percorrer. Sem bairrismo como Gaúcho!

    Sds

  7. 7

    Adorei a ideia do video!!! Ficou show de bola, até me deu água na boca do lado de cá. Só uma coisinha que reparei: a perlage tava parecendo borbulhas de refrigerante ou foi impressão minha?

    Grande abraço,

    Fabiana Andrade.

  8. 9
  9. 10
  10. 11

    Paulo, que bom que gostou. Em breve tem mais.
    Realmente, o pessoal lá do Nordeste ainda precisa trabalhar bastante para chegar na qualidade do sul. Não é bairrismo não, é a verdade.
    Abraços

    Daniel

  11. 12

    Oi Rodrigo

    O que eu quis dizer é que o pessoal que produz no Nordeste tira até 5 safras. Não sei se a Miolo faz isso, mas sei que tem produtor que consegue.
    Sobre o tempo de vida das plantas, eu já ouvi algo ate menor. Algo em torno de 15 anos. Elas ficam realmente muito estressadas.
    Quero um dia visitar a região. Vamos ver se eu consigo ir, mas acho que vou no inverno, para sofrer menos! 🙂
    Abraços

    Daniel

  12. 13

    Acredito não fazer as 5 safras, pq para a produção do açúcar, produção… tu deve saber mais que eu, precisa da dormência, que no sul é pelo frio e lá é pela retirada de água, então não fecharia 5 safras…

  13. 14
  14. 15

    Daniel, obrigado pela resposta. Te desejo sucesso na viagem. Sou do sul e estou temporariamente trabalhando no nordeste, Natal. Também tenho vontade de dar uma passada para ver a fazenda na minha volta. Acabo de enviar essa dúvida a um colega que se formou comigo na agronomia e que trabalhou na miolo (outra época) e tem uma vinícola de família, pra ver se ele adiciona mais alguma informação para nós. Qualquer coisa coloco aqui.
    Grande trabalho, beleza de blog, parabéns.

  15. 16

    Paulo, maravilha! Quero muito saber sobre isso.
    Quando me falaram, eu também perguntei se tecnicamente era possível. Como foi uma enóloga (do sul, mas que trabalhou lá) que falou e explicou que dava pra fazer, eu acreditei.
    Vamos ver o que seu amigo fala. Por favor nos relate.
    Abraços
    Daniel

  16. 17

    Olá Pessoal,

    Sou estudante de Enologia do IF-Sertão Pernambucamo que fica em Petrolina.

    Gente quando vi os posts em relação as 5 safras quase cair da cadeira. De onde tiraram as 05 safras? ISSO NÃO EXISTE EM LUGAR NENHUM DO MUNDO.

    O ciclo da videira é de 120 dias levando em consideração esses dias sem deixar a videira em repouso temos no máximo 2 e meia ou até 03 safras por ano.

    Os Produtores utilizam 02 safras por ano para que haja repouso da videira.

    Conhecemos as reais condições fisiológicas das nossas plantas e não estressamos tanto elas assim,como muito falam. Deve-se levar em consideração que as videiras do Nordeste possuem fisiologia diferenciada das do Sul.

    Acho covardia e até mesmo falta d técnica comparar vinhos do sul com do nordeste, pois as características climáticas imprimem terroirs diferentes e estilos diferentes.

    Quanto a acidez do espumante isso deve variar comforme o período/safra que ele foi elaborado. Se foi feito no 1º 2º ou 3º bimestre do ano.
    Dúvidas?

    Abrçs…

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>