Mega Spileo Grand Cave Red Cuvée

Nunca me esqueço da primeira palestra que fui sobre vinhos gregos, onde o Sommelier disse que iria falar pouco. Aí abriu um PPT que eu vi que tinha uns 90 slides. Foram mais de 1:30 hora esperando para beber. Quando finalmente veio o vinho, eu estava tão cansado que nem curti.

Desde então, sempre que bebo um vinho grego, tento tirar essa imagem da minha cabeça, mas não sei se conseguirei um dia.

Esse, especialmente, eu pude beber em casa, sem nenhuma palestra antes, só a leitura da descrição da importadora Winelands, que é de onde vem o vinho e que eu reproduzo abaixo.

É um vinho super encorpado, intenso, forte e que precisa certamente de comida. Daqueles que merecem ser bebidos com calma, tentando entender ele.

Se você quiser uma boa experiência com vinho grego, está aí a dica. E sem palestra, por favor!

 

===========

TEXTO RETIRADO DO SITE DA WINELANDS

O Domain Mega Spileo é a propriedade da Cavino onde são produzidos seus melhores vinhos. A história deste local remonta o século XIV, época na qual era utilizado como adega pelos monges da região. Essa cultura durou até meados da década de 1980 quando os monges deixaram o local, que então foi vendido e completamente revitalizado. Nas montanhas Achaia, a 800 metros de altitude, encontram-se os pequenos vinhedos reservados para a linha Mega Spileo, grande responsável por alçar a Cavino ao posto de melhor vinícola da Grécia. As uvas são colhidas à mão e somente grãos perfeitos são selecionados para vinificação. Elaborado apenas em safras excepcionais, amadurece por 55 meses antes de ser lançado ao mercado sendo 31 em barricas novas de carvalho francês junto às borras finas. Este rótulo é o ícone da vinícola, ele recebeu a maior pontuação da história para um vinho grego já concedida por Robert Parker, 93 pontos na safra 2010. Esta 2012 mostra que ele continua almejando o topo: faturou 95 pontos da britânica Decanter Magazine! O aroma traz um ataque recheado de frutas silvestres de baga escura, com destaque para as amoras bem maduras, mas também com um intenso floral. Depois de respirar um pouco as nuances do carvalho vão aparecendo, tostado, caramelo, especiarias doces e até um toque de café expresso revelam a complexidade do conjunto. Na boca é um vinho com presença, possui uma carga generosa de taninos, acidez agradável e bem integrada e uma explosão de sabores frutados e florais. É muito bacana ver um vinho com estágio tão longo em madeira ser capaz de ainda mostrar a fruta em primeiro plano. Companhia ideal para carnes untuosas em cozimento lento, massas com molhos condimentados, ou então uma bela tábua com queijos e presuntos curados. Sugerimos consumir a 18ºC em taças do tipo Bordeaux, lisas e cristalinas e com grande abertura, requer passagem em decanter por 30 minutos, está pronto para o consumo, mas pode ser guardado para evoluir por mais 5 anos.

 

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>