Mas de Daumas Gassac, contado por uma francesa que tem boa história com a viticultura

Mas de Daumas Gassac é uma vinícola que fica no coração do Languedoc, no sul da França. Ficou muito famosa por conta do filme-documentário MondoVino, mostrando o senhor Aîmé Guibert, um vinhateiro que pode até ser chamado de louco, pois plantou o que quis por lá. Foi Tannat, Pinot Noir, Merlot, Nebbiolo, enfim, o que ele achava que devia plantar, plantava. E deu no que deu: Mas de Daumas Gassac é reconhecido por todos pela sua ótima qualidade e claro, pelo seu ineditismo.

Victorine Babé é a gerente de exportação da Vinícola Mas de Daumas Gassac e conversou conosco sobre o projeto e sobre os planos para o Brasil. Os vinhos são importados no Brasil pela Mistral.

You Might Also Like

0 Comentários

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>