Malamado Branco Viognier

Malamado pra mim é um vinho que tem um dos melhores nomes que eu eu já vi. Malamado significa Malbec a la moda do Oporto. As iniciais formam a palabrava Malamado e o cara que criou isso recebe até hoje merecidamente o seu pagamento (em vinho) pela ótima idéia. É um dos vinhos da linha de mesmo nome da Familia Zuccardi, uma gigante do segmento que fica em Mendoza, na Argentina.

E claro que pra ter esse nome, o primeiro Malamado foi o tinto, feito com Malbec (veja post sobre o Malamado Tinto), mas depois vieram outros para compor o que virou uma família. Tem o Malamado Branco, que é o que vamos falar aqui e tem também o Malamado Extra-Dry, que é um vinho fortificado seco.

O Malamado Branco é produzido 100% com a uva Viognier e é fortificado para chegar em 19,5% de álcool, então se você for beber, lembre-se disso. É como um vinho do porto, que deve ser consumido muito moderadamente, pois é bem alcoolico, apesar de não parecer tanto, por conta dos seus aromas e sabores doces.

E falando em aromas e sabores, o vinho apresenta aqueles toques de frutas secas e mel, mas na boca, ao contrário do que eu imaginava, é mais leve do que o seu irmão tinto. É claro que dá para perceber o seu álcool (afinal de contas, se não percebesse, seria um grande problema), mas é algo bem agradável. Ele acompanha muito bem sobremesas à base de frutas secas, e até foi bem com um quindim, que os mais puristas dizem que é muito difícil de harmonizar.

A linha de produtos da Familia Zuccardi é produzida na Argentina (Mendoza) e importada no Brasil pela Ravin. O Malamado Branco não está no portfólio, mas eu já iniciei uma campanha para trazerem novamente para o Brasil. Se chegar, recomendo. Senão, se tiver oportunidade de visitar a vinícola, não deixe de provar, pois é um vinho bem interessante.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>