L’orangerie de Carignan Rosé 2016

Quando esse vinho chegou para a prova de rosés que fiz para uma matéria para a Revista de Bordo da Avianca, eu olhei e achei interessante, pois queria provar um rosé feito com a uva Carignan.

Mas foi só eu pegar a ficha técnica (ainda bem que provamos às cegas, para não ter influência), eu vi que na verdade esse vinho é do Chateau Carignan, que fica em Bordeaux, mas é feito com as uvas Merlot e Cabernet Sauvignon. Aliás, a imagem de cima é do próprio Chateau, que é um belíssimo castelo que foi propriedade do Rei Charles VII e entregue por ele à Jean Poton de Xaintrailles, companheiro de batalhas de Joana d’Arc.

Então se você for provar esse vinho, já fique esperto para não se enganar. E se estiver ainda na dúvida, já te digo que recomendo que vá em frente. É um belíssimo vinho, que começa pela sua cor bem chamativa, clarinha e brilhante. No nariz tem aromas de frutas leves como morango e cereja. Na boca é forte, intenso, com boa acidez e um final bem frutado. Esse, da safra 2016, está no ponto agora (final de 2018) e eu não esperaria muito mais para abrir a garrafa.

Dá para beber esse vinho tranquilamente sozinho, sem acompanhamentos, que vai ficar uma delícia num dia de calor. Mas se quiser fazer algo para comer, prefira carnes brancas ou frutos do mar. Dá para arriscar também uma paella ou um arroz de polvo, mas eu não colocaria muito tempero.

Esse custa em torno de R$ 130,00 na World Wine.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>