Joseph Phelps é vinícola de alta qualidade na California

Joseph Phelps era um empresário do ramo da construção que resolveu dedicar-se aos vinhos. Sábia decisão do Sr. Phelps!
Estive na vinícola e pude provar a qualidade de seus vinhos. São impecáveis. Desde o mais jovem (que não tem nada de simples) até os mais tops (que são realmente tops), tudo é muito bom.
A vinícola fica no Napa Valley e tem uma arquitetura que chama a atenção. Moderno contrastando com o antigo de forma muito harmônica e um ambiente bucólico do lado de fora, daqueles que dá pra ouvir um pássaro gritando ao longe. Dá pra ficar lá um dia inteiro tranquilamente.
Infelizmente eu não pude ficar tanto tempo assim, mas consegui fazer uma prova de vinhos muito boa. Quando publico sobre uma vinícola, costumo selecionar os melhores que eu provei. Dessa vez, terei que colocar todos, pois realmente não dá pra tirar nenhum.

Sauvignon Blanc 2010
Fermentado em barrica, é do estilo “fumé”. Pra mim foi a revelação e foi uma das garrafas que trouxe pra casa para beber novamente. Aromático, mas austero, impresisiona na boca, com boa acidez, bem ao estilo “Sancerre”.

Chardonnay 2009
Produzido com uvas vindas de Sonoma Coast, passa 15 meses em barrica.
Tem bastante baunilha, manteiga, mas preservando a acidez. Bom para acompanhar uma boa comida.

Pinot Noir 2008
Também com frutas de Sonora Coast. É um vinho com estilo borgonha, mas com um toque de salinidade que faz com que a gente se intrigue e queira provar novamente. Muito bom!

Syrah 2009
Esse vinho é feito com uvas compradas de outra vinícola, que é da filha do dono da Romanée Conti, na Borgonha. Phelps foi o primeiro a fazer Syrah no vale.
19 meses em barrica. Doce no nariz e intenso na boca,. Tanino forte e muito presente.

Cabernet Sauvignon 2008
85% Cabernet, 13%merlot, 1%petit Verdot, 1%malbec
Esse vinho representa metade de toda a produção da vinícola. 18 meses de barrica, sendo metade barrica francesa e metade americana. De novo , metade é nova e metade é usada. Tudo bem pensado para fazer um grande vinho, bem estilo Bordeaux.

Insígnia 2008
89%cabernet Sauvignon, 7%petit Verdot 4%merlot. 24 meses, só barrica nova.
Um grande vinho que pode durar mais de 20 anos. Ainda está jovem, mas da pra ver que vai ficar um vinho muito complexo.
As uvas vêm de 6 lugares diferentes para compor o blend. Vale decantar e beber com calma.

Bachus 2006
É o top deles, feito com Cabernet Sauvignon 94%, 3% Petit Verdot, 3% Malbec. 24 meses barrica francesa.
Produção limitada. 250 dólares garrafa.
Vinho praticamente perfeito. Muito balanceado, taninos. Mas ainda está jovem.

Isrebe 2009
Feito no estilo icewine, mas as uvas são colhidas normalmente e são congeladas. (já viram isso?)
Frutas brancas, maracujá, petróleo, boa acidez, excelente final, sem ficar muito adocicado.

Eles recebem os turistas para conhecer a vinícola e provar os vinhos. É bom agendar (pode ser pelo site) e eu recomendo fortemente. É daquelas que a gente não esquece.
Um abraço
Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>