Herdade da Malhadinha Nova agora importada pela Barrinhas

Barrinhas agora é a importadora e distribuidora no Brasil da conceituada vinícola Herdade da Malhadinha Nova, localizada no coração do Alentejo, em Portugal. “Estamos felizes de ter em nosso portfólio uma marca tão importante quanto a Malhadinha. Uma das vinícolas que representa o que há de melhor entre tradição e modernidade nos vinhos portugueses”, diz Cláudio Moreira,diretor da Barrinhas.

HISTÓRIA

O século XX já vivia os momentos finais quando, em 1998, a família Soares (João, Paulo, Rita, João e Maria Antónia Soares) compraram uma propriedade em Albernôa. E lá, no coração do Baixo Alentejo, em terras há muito abandonadas, fundaram a Herdade da Malhadinha Nova. A paixão, o empenho e a vocação da família em fazer as coisas muito bem feitas transformaram em solos capazes de dar vida a alguns dos melhores vinhos portugueses o que anteriormente era vazio e desolação.

Apesar do relativo pouco tempo de vida, a Herdade da Malhadinha Nova coleciona prêmios com uma velocidade de dar inveja aos melhores caçadores de troféus. Dentro e fora de Portugal, o reconhecimento de público e crítica foi quase imediato, com os rótulos alcançando altas pontuações em publicações especializadas e sendo recebidos pelos consumidores como vinhos de culto. E a razão de tamanho sucesso não é outra além de muito trabalho.

A enologia é comandada por uma dupla de respeito: amigo da família, o craque multipremiado Luis Duarte trabalha como consultor desde o início do projeto. E o jovem Nuno González (eleito pela influente Revista de Vinhos como o enólogo revelação de 2018) trabalha no dia-a-dia da casa como o enólogo-residente. Cabe aos dois manter a filosofia da Herdade da Malhadinha Nova, de vinhos de alta qualidade, com um estilo moderno e cheio de vida, frescor e poesia.

E tanto capricho na vinha e na adega, é claro, obriga a um cuidado especial com a imagem dos vinhos. As crianças emprestam os próprios nomes aos vinhos da casa e desenham os rótulos, carregados de pureza, delicadeza e da incomparável poesia infantil. Hoje são sete as linhas da casa:Monte da Peceguina, Malhadinha, Marias da Malhadinha, Menino António, Pequeno João, Malhadinha Late Harvest e os Monocastas. Além das edições limitadas.

A Herdade ainda produz um azeite de primeira qualidade, mel, cria Gado Alentejano e Porco Preto.

OS VINHOS:

Desde o início do projeto, a Herdade da Malhadinha Nova obteve reconhecimento imediato de público e crítica. Os vinhos foram bem recebidos, acumulando boas notas na imprensa especializada aliado a um sucesso comercial quase instantâneo. Claro que para tal ajudaram a imagem muito particular, a comunicação moderna e a distribuição bem feita. Entretanto, nada disso encontraria eco se dentro da garrafa os vinhos não entregassem a qualidade que todo o projeto prometia.

Hoje são sete linhas de vinhos, de diferentes estilos e ambições. Mas todos carregando em comum o respeito pela terra de onde vem e a identidade dos vinhos da Herdade da Malhadinha.

A linha Monte da Peceguina busca trazer o frescor e a identidade local para dentro da taça. Aposta em vinhos de boa intensidade aromática, francos e diretos, onde a fruta primária é a aposta principal. Disponível nas versões branco, tinto e rosado..

A linha Malhadinha entrega a beleza e a delícia da fruta amparada pela complexidade que a madeira, usada com parcimônia, confere aos vinhos. À fruta primária, somam-se aromas do estágio em barricas, assim como um volume e uma cremosidade maiores na boca. Mas sem deixar de lado a delicadeza e o frescor, marcas da casa. Disponível nas versões branco, tinto e rosado.

Na linha Varietal, a Malhadinha aposta nas melhores uvas de cada safra para mostrar o potencial que cada casta tem individualmente nas terras da Herdade. A idéia é deixar que a fruta se expresse, sem intervenções nem maquiagens, pintando um retrato fiel daquela variedade, naquele ano, naquele lugar. É a linha onde o conceito de terroir funciona na versão mais pura e fiel.

Entre os brancos, foram produzidos, em safras diferentes, vinhos com as uvas Antão Vaz, Arinto, Viognier e Verdelho.

Nos tintos, Touriga Nacional e Aragonêz já foram lançados pela vinícola.

Com as edições limitadas da Maria da Malhadinha, a Herdade apresenta vinhos tintos de alta gama, que apostam na intensidade da fruta, na firmeza dos taninos, ancoradas por estágio importante em barricas, que confere harmonia ao conjunto. São vinhos longevos, mas que mesmo novos já entregam grande prazer ao consumidor.

Menino António é produzido apenas nos anos em que a Alicante Bouschet, uma das mais destacadas uvas do Alentejo, exprime de forma inquestionável o enorme potencial que tem. É um vinho feito na vinha, de vinificação minimalista, cujo objetivo é amplificar a qualidade que a uva traz do campo em anos especiais. É um tinto carregado de força e músculos, intenso, vigoroso, mas que, ao mesmo tempo, traz delicadeza e elegância para a taça.

O Olival da Malhadinha, plantado na década de 40 do século passado, dá origem a um azeite de elevada pureza, de qualidades gastronômicas únicas, com base na azeitona Galega, colhida à mão e processada no próprio dia.

                                                                     Turismo e cultura

                                      Herdade da Malhadinha Nova Country House & Spa

 Outro destaque é a gastronomia. O restaurante Wine & Gourmet tem a assinatura do estrelado chef Joachim Koerper, que conta com a colaboração do chef residente Bruno Antunes e da cozinheira tradicional Vitalina Santos, que oferecem o melhor da cozinha típica alentejana com a sutileza elegante dos grandes restaurantes europeus. A simplicidade de trabalhar apenas com os melhores e mais frescos produtos da estação aliada à criatividade e à tradição elevam o ato de comer à categoria de arte.

E, para finalizar, além de provar vinhos únicos, relaxar em um moderno spa tendo de fundo a inspiradora paisagem local, e provar pratos absolutamente deliciosos no restaurante do hotel, o hóspede ainda pode andar a cavalo ou participar de algumas das experiências temáticas oferecidas no hotel, com temas que vão desde fotografia a esportes radicais, passeios de balão, passando por culinária, dança, muita atividade cultural e, como não podia deixar de ser, vinho.

Saiba mais sobre a importadora Barrinhas no site deles.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>