Gomez Cruzado Blanco 2018 – um vinho fora da curva

Tenho a sorte de participar de praticamente todas as degustações do Encontro de Vinhos e assim acabo conhecendo muitos vinhos legais, diferentes e que a gente pode considerar para beber no futuro.

Foi assim no último evento que fizemos, no Jockey Club, no dia 25 de janeiro. Provei (para o Top5 e depois na feira de novo) o Gomez Cruzado Blanco 2018, um vinho feito na Rioja com duas uvas bem típicas da região, a Viura e a Tempranillo Blanca.

O que me chamou a atenção nesse vinho foi a sua vivacidade, que pode-se pensar que é porque o vinho é jovem, mas ela vem aliada a uma complexidade aromática impressionante. São aromas de frutas e de flores que se mesclam numa gostosa “dança”, que me fez ficar com o vinho parado na taça, só apreciando o momento.

Mas é claro que o negócio é beber, né? E na boca é ainda melhor, com essa ótima acidez que os espanhóis de Rioja têm, mas também com uma grande vocação gastronômica.

Eu sinceramente beberia esse vinho sozinho ou no máximo comendo um queijo amarelo de pouca maturação, mas se você quiser uma comida mais estruturada, pode pensar em um peixe cozido estilo moqueca, camarões sem muito tempero e claro, uma boa lagosta (se o seu bolso permitir).

Quem traz esse vinho é a VingardeValise e você pode encontrar no site deles.

 

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>