Gimenez Mendez. Uma bodega tradicionalmente moderna

A bodega Gimenez Mendez fica no Uruguai, em um departamento (mais ou menos como uma cidade aqui do Brasil) chamado Las Brujas. A vinícola fica no meio da cidade, pois como é muito antiga, onde ela está agora é tudo povoado, mas quando foi construída não tinha muita coisa.

Os tempos modernos trouxeram a civilização, as casas, as ruas asfaltadas e toda a “comodidade” que bem conhecemos, mas não conseguiu mudar muito o que é a Gimenez Mendez. O que me deixa contente, pois é muito interessante poder entrar lá e sentir como se estivesse entrando em um “túnel do tempo”. Os novos proprietários mantiveram o local como era originalmente, só mudando alguns aspectos técnicos na parte da elaboração dos vinhos, mas a estrutura da bodega permanece original e bem grande. A vinícola tem capacidade de produção de 10 milhões de litros por safra, mas atualmente usam só 30% dessa capacidade.

Apesar de toda essa aparência de “velha guarda”, a Gimenez Mendez está de olho no futuro. Os caras estão trabalhando – e muito bem por sinal – em vinhos super macios, cortes interessantes e inovações como a utilização de um rótulo com tinta reativa ao frio. Quando a garrafa chega na temperatura ideal, a tinta fica rosa, mostrando que está pronto para o consumo.

etiqueta_termostatica

Além desse vinho da etiqueta super bacana, provei outros que gostei muito. Veja abaixo meus comentários e fique ligado nos Tannats que eles fazem, pois são muito interessantes.

Sauvignon Blanc Alta Reserva 2015
Querem a fruta mais pura possível. Nos últimos anos não foi preciso fazer nenhuma correção. Vinho muito aromático e com excelente acidez. Daqueles que a gente quer beber mais.

Viognier Alta Reserva 2015
Vinho super aromático (especialmente para uma Viognier) e com uma excelente acidez. O final não é tão longo, mas muito bom para um começo de festa. Vinho para beber sem pensar muito, mas que vai deixar as pessoas bem felizes. É também uma ótima pedida para frutos do mar.

Tannat Premium 2011
É o Tannat emblemático da vinícola. Feito com as mesmas uvas do Luiz A. Gimenez, o vinho que é o top deles. Com taninos bem suaves, é um vinho que acompanha as carnes mas também um bom ensopado.

Enigma 2011
Feito com 15 uvas (e o nome de todas elas é dito no rótulo). Vinho super complexo no nariz e na boca é uma explosão de sabores. Usam também um pouco de vinho branco no corte, dando ainda mais aromas diferentes.

Alta Reserva Cabernet Sauvignon 2015
Provei esse vinho ainda não terminado, pois estava no tanque descansado. Estava muito jovem (obviamente), mas parece que vai ser um vinho bem legal. Vale a pena ficar de olho.

Malbec Alta Reserva 2015
Um vinho super potente. Tem a potência do Malbec que lembra os feitos com essa uva na Patagônia Argentina. Uma excelente alternativa para conhecer um Malbec diferente.

Touriga Nacional 2015
Para mim, esse foi a grande surpresa do dia, pois eu realmente não esperava beber um vinho feito com essa uva, que é muito comum em Portugal, mas não no Uruguai. Fazem um belíssimo vinho, potente, encorpado, estruturado, mas ao mesmo tempo macio e convidativo.

A Bodega Gimenez Mendez recebe turistas para visitação e compra de vinhos e a reserva precisa ser feita previamente pelo site deles. Se quiser conhecer um pouco da história da produção de vinhos daquela região, essa é uma ótima referência.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>