Ecos do Pampa Sauvignon Blanc 2010

O Brasil não pára de surpreender com os belos vinhos que vem fazendo. Dessa vez conheci a Rastros do Pampa através do Beto Duarte (http://papodevinho.blogspot.com), que tinha provado o vinho tinto deles recentemente e achou de ótima qualidade. Fizemos contato com o pessoal e eles participaram de nosso evento, o Encontro de Vinhos, em Ribeirão Preto. Sucesso total com seus vinhos branco (esse que eu comento agora) e o tinto, feito à base de Cabernet Sauvignon.

A Estância Guatambu, que faz o vinho, fica localizada em Dom Pedrito, bem no coração do pampa gaúcho. Os proprietários, que são criadores de gado, resolveram aceitar o pedido da Embrapa para produzir uvas lá, depois de um teste de solo. O resultado foi esse, um vinho de ótima qualidade, equilibrado e com bom potencial para competir com os grandes que temos no mercado hoje.

Esse Sauvignon Blanc tem uma coloração amarelo palha bem clara. No nariz, aromas de frutas brancas quase verdes, toques herbáceos e uma leve ponta floral, interessante para esse tipo de vinho. Em boca tem uma ótima acidez e um corpo médio. Seu final não é muito persistente, mas cumpre a função.

É um vinho para um momento descompromissado, talvez para acompanhar uma entrada leve e um dia quente. E não fui só eu que gostei não. No Encontro de Vinhos eu ouvi alguns elogios ao vinho. Já estou curioso para provar o tinto.

Ainda não tem comercialização aqui em São Paulo, mas deve chegar em breve.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

0 Comentários

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>