Domaine Paul Blanck Riesling 2005

609Eu tenho uma queda por Rieslings. Acho que eles são de certa forma, místicos. E infelizmente conheço muito menos Rieslings do que eu gostaria. Parte disso é porque muitos deles são (bem) caros e não é sempre que a gente consegue beber um bom. Também é importante contar que eu tenho medo dos “baratos”. É isso mesmo, confesso. Eu fico ressabiado quando vejo um Riesling muito barato.

Mas esse Riesling francês, da região da Alsácia que provei me deixou bem satisfeito. Ele custa em torno de R$ 110,00 e vale isso (ou até mais). É importado aqui pela Decanter.

Sua coloração é palha já tendendo para um escurecimento leve, mas ainda bem viva e bonita. No nariz, aromas florais bem fortes, contrastando com um aroma mineral e principalmente um petróleo (ou borracha), que deram a ele um charme especial. Em taça evolui bastante. Recomendo que se tenha um pouco de paciência com ele.

Em boca tem um corpo médio e bem agradável. Seu final não é muito longo, mas muito agradável, deixando um gostinho de “quero mais”. É um vinho que pode acompanhar bem frutos do mar e até algum peixe mais condimentado. Eu acho que ele tem estrutura para isso. Eu não quis arriscar. Degustei minha taça com calma e só tomando água. Aliás, ele é tão fresco que nem água eu queria beber. Vale a pena.

Pra quem busca um bom Riesling de boa qualidade e preço, esse pode ser uma boa pedida. Como eu já disse anteriormente, estou aproveitando o “ano da França no Brasil” e experimentando mais vinhos de lá! Eu encontrei essa boa desculpa. Se quiser usá-la também, fique à vontade. Não precisa nem citar a fonte! 🙂

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>