Dom Pérignon P2 – mais uma versão de um Champagne que deve ser incrível

Gosto de mostrar aqui alguns “super champagnes” que por mais que sejam muito caros e a maioria não possa nem sequer pensar em pagar, pelo menos podemos imaginar em que ponto de qualidade e complexidade podem chegar esses espumantes mágicos.

Dessa vez eu recebi a informação da Dom Pérignon P2, que é a segunda plenitude do Champagne Dom Perignon 1998.

Entenda o conceito: Há três Plenitudes de Dom Pérignon, Primeira Plenitude é revelada depois de pelo menos oito anos de elaboração nas caves, dependendo do vintage. O vinho, em seguida, incorpora o equilíbrio perfeito de Dom Pérignon sua maior promessa. Este é Dom Pérignon Vintage, a plenitude da harmonia.

A Segunda Plénitude é o resultado de 16 anos de elaboração nas caves: um tempo extra de maturação sobre as borras*, com monitoramento constante. Nesta janela de expressão, o vinho é majestoso em sua intensidade Dom Pérignon. Aqui ele expressa seu âmbito, a sua expansão. Este é Dom Pérignon P2, a Plenitude da energia.

A Terceira Plenitude vem após um período mínimo de 25 anos de elaboração nas caves. O vinho agora encarna totalmente outra dimensão onde sua essência entra no desconhecido. Este é a plenitude da complexidade.  Após três metamorfoses, a singularidade de Dom Pérignon é quase completamente revelada e conseguida. Tal processo não pode existir em nenhum outro lugar. Esta é uma criação do Dom Pérignon, o “Poder da Criação”.

Durante cada uma das plenitudes do vinho, com um sentido iluminado de drama, Dom Pérignon tem traços distintos, sem nunca negar os outros. Assim, a forma na qual o vinho revela em si é diferente todas as vezes, mas próximos. Este processo é a expressão de uma verdadeira visão de vinho e verdadeira obra de sua arquitetura. O Chef de Cave é o mestre.

 Dom Pérignon P2
A explosão da energia

Dom Pérignon P2, a explosão de energia, deve a sua intensidade à sua precisão, mas, paradoxalmente, equilibrando e também abraçando, cinzelando sem quebrar, mal tocando sem nunca bater duro. Como qualquer criação high-tech, se revela em alta definição. O impulso de Dom Pérignon P2 é ainda mais forte em sua estética dark, discreto e poderoso. Sua garrafa tom-sobre-tom e minimalista em caixa de alumínio escovado, em um profundo matte, parecem quase ser bloqueados para subjugar temporariamente a energia do vinho.

Dom Pérignon P2 é a recompensa para este domínio acentuado de vinho. Instaura um universo de vibração e uma densidade de ar excepcional. Provar o vinho é uma experiência memorável, abundante e intensa e penetrando sensações e emoções vividamente frescos.

Um novo luxo de singularidade aparece. Ela assume a energia total de experiências, a desorientação de sensações inesperadas, a perfeição de gestos ousados​​, a pulsação de um acontecimento vibrante, de uma vez em uma vida. Dom Pérignon P2 faz parte desta matriz elegante – a de vanguarda.

Dom Pérignon P2 – 1998
Intensidade e energia
A Primeira Plenitude (em 2005) de Dom Pérignon Vintage 1998 foi um modelo de equilíbrio. Após um momento de leveza, o palato foi despertado por uma energia juvenil.
Em sua Segunda Plenitude, revigorado pelos anos adicionais nas caves, 16 anos de elaboração no total, Dom Pérignon P2-1998 transcende o potencial da safra. Opondo-se e complementando os elementos da repercussão da montagem para, cada vez, uma mais acentuada intensidade. A persistência aromática progride como uma onda que estimula a natureza penetrante do vinho.
A energia atinge o seu clímax. Exaltada nesta Segunda Plenitude, escuro, iodo mineral, e singularidade temperada de Dom Pérignon vibra mais alto e mais claro do que nunca.
Aqui, a dinâmica da transformação é palpável, uma vez que um dia ele vai nos projetar ainda mais.

Preço sugerido: R$1.600,00
Dom Pérignon
Avenida Brasil 1814 – São Paulo
11 3062-8388
www.domperignon.com

BLOG
www.creatingdomperignon.com

FACEBOOK
Dom Pérignon

INSTAGRAM
@domperignonofficial

TUMBLR
domperignon.tumblr.com

YOUTUBE
Dom Pérignon channel

 

You Might Also Like

2 Comentários

  1. 1
  2. 2

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>