Cortes de Cima Rosé 2016

A Cortes de Cima é uma vinícola que fica no Alentejo e que tem, pra mim, vinhos que são fantásticos. Sempre que posso, provo os vinhos deles e nenhum me decepciona. Aliás, pelo contrário, só me surpreendem. Os tintos são muito bons. Eu acho que não tinha ainda provado o Rosé, mas tive a oportunidade durante a degustação que fiz para a revista da Avianca, onde provamos mais de 20 rótulos de rosés de diversos países.

Esse, feito no Alentejo, é composto de 50% de Aragonez e 50% de Merlot. A união dessas uvas, neste lugar, dá um vinho intenso, com cor tendendo ao cobre e aromas e sabores lembrando os cítricos. Na boca é vibrante e é daqueles que para mim, vão melhor com comida do que sozinhos.

É um vinho bem gastronômico, que vai bem com com um peixe empanado e com um pouco de tempero, mas vai bem também com uma carne leve ou um queijo mais maduro. Ou seja, bem versátil, como é de se esperar. Vale a pena provar e conhecer um bom rosé do Alentejo.

E se quiser saber um pouco mais sobre a Cortes de Cima e um de seus vinhos mais conhecidos, o Incógnito, veja esse rápido vídeo.

Os vinhos da Cortes de Cima são importados pela Adega Alentejana no Brasil.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>