Cono Sur ‘La Rinconada’ Single Vineyard Block 28 Carmenere

Estive recentemente na Vinícola Cono Sur, lá no Chile. Reconhecida mundialmente pela sua linha de vinhos chamada “Bicicleta” e mais precisamente pelo seu Pinot Noir, essa vinícola tem muito a ser descoberto e é daquelas que vale a pena a gente se aprofundar um pouco nos vinhos, de todas as linhas, pois certamente aparecem surpresas muito interessantes.

Por lá pude conhecer um pouco da produção dos vinhos, que é feita de modo orgânico, ou seja, não tem nenhuma adição de produtos orgânicos para conter pragas, para dar vigor à planta ou qualquer outro objetivo. É o vinhedo por si só, claro que com a ajuda do homem e de algumas técnicas muito interessantes como a distribuição de feromônios femininos de insetos para confundir os machos e espantá-los, utilização de galinhas para a “limpeza” da terra e eliminação de alguns outros insetos e por aí vai.

E como estamos falando de vinhedo, o resultado de tudo isso tem que ser medido nos vinhos produzidos. E é aí que a Cono Sur dá um show. Seus vinhos são cheios de caráter, com personalidade, realmente únicos. Por lá pude provar alguns Carmeneres que eu achei sensacionais, muito diferentes daqueles típicos que encontramos no Chile e que vêm com aquele toque de goiabada bem forte. Os da Cono Sur são mais estruturados, mais elegantes, mais complexos nos aromas.

Um que eu não provei por lá, mas tive a chance de conhecer aqui no Brasil foi o ‘La Rinconada’ Single Vineyard Block 28 Carmenere. Já imaginava que pudesse ser algo bem bacana, mas ainda assim me surpreendi. É um vinho elegante e potente, com bom potencial de envelhecimento. Carrega as características do solo (Cachapoal) e do terroir, mas sem deixar de lado a veia de inovação, saindo-se um vinho super gastronômico e agradável de ser bebido.

Vai super bem com uma comida forte e com uma boa carne assada ou grelhada. Deve ser um ótimo parceiro para um bom ragú de ossobuco, daqueles que têm bastante especiarias no molho.

Esse e os outros da Cono Sur são importados pela La Pastina, que não vende no site, mas você encontra em lojas especializadas de vinhos. Vale a prova.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>