Cava Gramona mostrou de onde vem a sua qualidade

Cava é um espumante que é produzido na região de Penedes, na Espanha. Esse nome é específico para esse local, então se você encontrar um espumante com “Cava” no rótulo, já pode saber que é de lá.
E a região tem muitos produtores bons, mas um que se destaca é sem dúvida o Gramona.  Seus espumantes são mundialmente conhecidos e eles primam realmente pela qualidade.
E para mostrar e comprovar a qualidade, o Sr. Xavier Gramona esteve recentemente no Brasil e apresentou alguns de seus rótulos.
Eu provei com ele e pude conversar um pouco com esse senhor simpático e alegre, que quando me perguntou veio logo perguntando da crise. Quando eu disse que estávamos passando por um momento difícil mas que dias melhores viriam, ele abriu um largo sorriso e me disse: “que bom. Gosto de ver o otimismo dos brasileiros”.
Xavier entende realmente do ofício. Em nossa conversa eles nos disse algumas curiosidades interessantes da região, como por exemplo a opção por não usar a uva Parellada, que é bastante comum na produção de Cavas. Segundo ele, a casta tem um caráter oxidativo muito forte, por isso ele acredita que sriva melhor para cavas jovens.
A Gramona é uma vinícola orgânica e biodinâmica. E para garantir que todos os seus fornecedores também fizessem da melhor forma e seguissem a linha deles, fizeram associação com produtores por tempo de vinha. Ou seja, enquanto durar a vinha do produtor, ele terá contrato de fornecimento para a Gramona.
Por essas e outras é que vale provar pelo menos um Cava Gramona para entender do que estou falando. São espumantes super elegantes, feitos com muito cuidado e que desde o mais “básico” têm aromas intensos, complexidade, frescor. Veja alguns deles abaixo.

gramona_imperialImperial 2007
É a principal da bodega (metade da produção). Elegante, complexa, com aromas de tostados e fermento, mas com um excelente frescor. Para acompanhar frutos do mar, especialmente uma lula frita.

Argent Rose 2011
Feita com a uva Pinot Noir. Ainda não está no Brasil, mas quando chegar, vale ficar atento. Super elegante, com aromas delicados de frutas frescas.
III Lustros 2005
Esse cava fica perfeito com ostras, por ter ao mesmo tempo a mineralidade e a acidez necessárias.
Argent Blanc
Feito com Chardonnay, é daqueles para beber com calma, apreciando e sentindo a evolução na taça.
Enoteca 2001
Esse foi o ponto alto da minha degustação e se você tiver um Gramona Enoteca 2001 na sua casa você pode saber que tem uma jóia. Impressionante como o espumante estava jovem mesmo depois de 14 anos.
Um abraço
Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>