Bodegas RE, de Pablo Morandé

Pablo Morandé é sem dúvida uma das figuras mais conhecidas no mundo do vinho, quando se fala em Chile. Esteve à frente de importantes projetos no país e até pouco tempo era o responsável pelos vinhos que levam seu nome e que até hoje estão em nossas adegas ou nas memórias (como é o meu caso, que já bebi todos os Morandé que tinha).

captura-de-tela-2016-11-17-as-18-55-00Recentemente decidiu dedicar-se a um novo projeto, o da Bodega RE. O conceito é de se REinventar, REcriar e REvelar vinhos ancestrais, obtidos através de relatos bíblicos de vinhos produzidos nos séculos passados. São os “vinhos de Beleza”, como declara Pablo ao falar sobre o conceito de sua vinícola.

Esqueça tudo o que conhece sobre vinhos para provar essa nova criação do gênio Morandé. Um REnoir Nature Virgen, um espumante feito com Pinot Noir, por exemplo, pode parecer mais “selvagem” no nariz e na boca, mas ao terminar de beber você sentirá que ele desce marcante e ao mesmo tempo pedindo mais.

captura-de-tela-2016-11-17-as-18-55-08Se quiser algo realmente diferente, prove o RE Pinotel, um corte de Pinot Noir com Moscatel. É para dar  um nó na cabeça, trazendo características de um tinto e de um branco ao mesmo tempo, fazendo com que pareça que é uma outra uva só e não o blend de duas.

Há ainda um vinho laranja (o EnREdo), feito com Gewurztraminer e Riesling e os tintos, o RE Caberngnan e o top, o RE Nace (esse feito só com Carignan) que precisam ser provados.

Vinhos feitos como se fossem realmente obras primas, com cuidado para que tudo esteja no seu lugar, mas ao mesmo tempo deixando que o resultado tenha um pouco de acaso. Assim são todos eles!

Os vinhos da Bodega RE estão à venda na Grand Cru no Brasil.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Um comentário

  1. 1

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>