Berlin Tasting no Brasil. E os vinhos do Chadwick se deram bem de novo!

No dia 4 de Julho eu estive no Hotel Unique para um evento único, daqueles que merecem grande destaque. Liderado pelo renomado enólogo Eduardo Chadwick, presidente da Viña Errázuriz, foi realizado o “The World’s Icons Judgment”, que é a primeira edição da renovada iniciativa de  degustações às cegas de Viña Errázuriz. Este evento tem o mesmo formato do “Berlin Tasting” que já foi realizado  15 vezes nas principais capitais do vinho ao redor do mundo, desde o ano de 2004 até 2012.

A idéia é simples: Eduardo Chadwick colocou seus grandes vinhos – Viñedo Chadwick, Don Maximiano Founder’s Reserve e Seña, ao lado de clássicas safras dos Grands Crus de Bordeaux e Super Toscanos, com o objetivo de comprovar seus potenciais de guarda.

Conduzida pelo próprio Chadwick, o evento contou ainda com 2 mediadores de peso do mercado brasileiro: Jorge Lucki, jornalista e crítico de vinhos do jornal Valor Econômico e Marcelo Copello, diretor de redação da revista Baco Multimídia.

O resultado desta degustação às cegas em São Paulo, elegeu o Chateau Margaux  2001 como o vinho favorito, e a Seña 2007 em 2º lugar, seguido pelo Don Maximiano Founder’s Reserve, safra 2009, no 3° lugar.

Os resultados foram:

1° lugar: Château Margaux 2001, França

2° lugar: Seña 2007, Chile

3° lugar: Don Maximiano Founder’s Reserve 2009, Chile

4° lugar: Château Mouton Rothschild 1995, França

5° lugar: Château Latour 2007, França

6° lugar: Seña 2010, Chile

7° lugar: Viñedo Chadwick 2000, Chile

8° lugar: Don Maximiano Founder’s Reserve 1995, Chile

9° lugar: Don Maximiano Founder’s Reserve 2005, Chile

10° lugar: Sassicaia 2000, Itália

11° lugar: Seña 2000, Chile

12° lugar: Tignanello 2009, Itália

vinedo_Chadwick_200Como dá para perceber, só grandes vinhos na disputa e pegar 2o e 3o lugar não é nada mal. Dos vinhos chilenos eu fiquei mais impressionado com o Viñedo Chadwick 2000, que é um vinho de qualidade impressionante. Esse eu até fiquei na dúvida, durante a degustação às cegas, se era chileno mesmo.

Não só o Eduardo Chadwick, mas também os organizadores estão de parabéns. Excelente palestra, serviço de vinhos impecável e tudo funcionando perfeitamente. Foi uma honra participar dessa degustação, que guardarei para sempre na memória.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

0 Comentários

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>