Beber é um ato social?

sunsetMeu pai sempre gostou de vinhos e tenho certeza que anda se animando com os posts colocados aqui. Quem sabe ele também não inicia um blog (ou vira colunista deste)?

Segue um texto de sua autoria, que me parece muito interessante.

BEBER É UM ATO SOCIAL?

 

É um hábito que praticamos, e que gostamos de praticar. Reunir os amigos e beber. Se tiver algum tipo de “tira-gosto” fica melhor ainda. E um jantar com tempo para curtir um bom papo? Excelente. Uma tábua de queijos, alguns pães especiais e o rei da festa: o vinho!

Talvez falte até um motivo para se reunir, mas a vontade e a disposição relevam esse detalhe. Bons momentos, dignos de recordação e desejo de repetição.

Beber junto a outras pessoas depura o prazer degustativo e aumenta a disponibilidade do nosso precioso tempo. Quem gosta de beber, gosta de beber sozinho, mas prefere estar em grupo. Bom humor, alegria, descontração, imaginação solta e a defenestração de algumas contrariedades desse mundo maluco e estressante, são os resultados de uma noitada.

Nós, seres humanos, temos arraigado em nosso inconsciente coletivo essa necessidade de vivermos juntos, de estarmos nos relacionando continuamente, fruto das primeiras dificuldades que nossos ancestrais viveram. Deu no que deu: não conseguimos viver sozinhos, não conseguimos ficar isolados por muito tempo.

Sem querer filosofar, gostaria de jogar a questão para ouvir outras opiniões: beber é um ato social, ou bebemos porque estamos juntos? Talvez não haja muita relevância na resposta, mas que pode dar um bom motivo para a gente se juntar, dá, não dá? Sendo assim podemos aproveitar para beber algo. Que tal aquele Cabernet Savignon que está guardado?

 

Carlos Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>