As supresas da Villaggio Grando

Como falei no post passado, estivemos (blogueiros de vinho) reunidos em degustação com o Marcio (EIVIN – especializada em vinhos nacionais) e com o Guilherme, da vinícola Villaggio Grando. Após provarmos diversos produtos do portfólio, os dois nos brindaram com duas ótimas surpresas, que conto aqui pois valem a pena conhecer.

Villaggio Grando Innominabile Lote 4 (2004)
Essa é a quarta versão do Innominabile, um vinho diferente que a Villaggio Grando produz. São cortes de várias safras, que são adicionadas às barricas e vão sendo afinadas de acordo com a mão do enólogo. O resultado é (sempre) um vinho muito estruturado, macio, complexo. Fique fã desse vinho há algum tempo, quando por conta de uma degustação na casa de uns amigos, um casal levou uma garrafa do lote 3. Mesmo sem muita informação sobre o vinho, deu para perceber que se tratava de uma proposta diferente.
Esse lote 4 é composto das uvas Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Malbec, Petit Verdot e Pinot Noir.
E você pode estar se perguntando: Pinot Noir? O que a Pinot Noir está fazendo aí nesse meio?
Bem, segundo o Guilherme (da Villaggio Grando), a Pinot noir lá nas plantações deles tem uma concentração tão forte, que é até mais escura que a Merlot. Já pensou?
Esse vale a pena provar, mas por enquanto só vai dar para guardarmos esse post para o futuro, pois esse vinho será lançado somente daqui a 2 anos. Mas fiquem tranqüilos que quando lançar eu aviso aqui.

Além Mar
Esse vinho é uma comemoração à “volta dos portugueses ao Brasil”. Composto por Cabernet Sauvignon, Merlot e Malbec, é fruto de uma parceria da vinícola com um português que faz vinhos muito bem. É um vinho bem estruturado, bem ao estilo dos portugueses mesmo. Muito aromático e macio. Esse eu não peguei o preço, mas se encontrarem, sugiro que comprem.

Quero agradecer e parabenizar publicamente o Guilherme e o Marcio. Um pelos seus belos vinhos produzidos e o outro pela louvável idéia de representar os vinhos nacionais. Tenho certeza que iniciativas como essas é que farão o consumo do vinho crescer e tornar-se mais habitual.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

2 Comentários

  1. 2

    Tive o prazer de visitar a vinícula Villaggio Grando do Maurício quando estive em Joaçaba agora no final de novembro/2010. Fui muito bem recebido pelo Moisés, que me apresentou olugar encantador, que produz, além de excelentes uvas escolhidas com critério, cultivadas com carinho e muito capricho, macieiras para aproveitar a mão de obra entre safras, gado, ovelhas, etc. Visitei a fábrica, o depósito e depois o local lindo, encantador de degustação que tem visível um lindo lago. Degustei os vinhos Innominabile, Além Mar, Chardonnay (campeão), Merlot, Cabernet Sauvignon e o Brut. Excelentes vinhos, de excelente qualidade, gostei tanto que encomendei algumas dúzias de garrafas para presentear amigos e beber ao longo de 2011.

  2. 3

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>