A força de uma marca

Estava de passagem em um shopping de São Paulo e resolvi entrar em uma loja de vinhos. Entrei só para olhar (pelo menos dessa vez eu me controlei) e nesse curto período que eu fiquei por lá, tive a oportunidade de presenciar um fato interessante. Entrou um senhor de terno, daqueles que realmente parecem bem de vida e foi logo procurando a vendedora. Não hesitou e pediu: Você tem aí o Almaviva?

Aqui abro um parêntese antes de continuar a história. Almaviva é um vinho ícone produzido no Chile, que chega para nós aqui por aproximadamente 600 reais. E realmente é um vinho espetacular. Parêntese fechado.

Voltando então à história, a vendedora gentilmente falou que não tinha mais nenhuma garrafa, mas que tinha outros vinhos que poderia apresentar ao senhor. Ele então aceitou, um pouco resignado, e respondeu: OK, o que você tem então que seja um vinho bom como o Almaviva? É pra presente.

Nessa hora percebi a força da marca. O homem estava em busca de um “vinho de qualidade”, representado ali, pra ele, pelo Almaviva. A loja obviamente tinha outros rótulos de ótima qualidade, tanto do Chile quanto de outros países. Em minha opinião, ele poderia inclusive levar vinhos de até melhor qualidade e talvez até de menor preço, pelo que conheço do portfólio da loja.

Mas sabem o que aconteceu? Ele foi embora sem comprar. Ele queria mesmo era o Almaviva!

Quantas vezes não vemos as pessoas ostentando “BMW” e não “carro novo”, ou “Prada” e não “bolsa nova”? É, meus amigos, é assim também no mundo do vinho. E sorte do produtor que conseguiu fazer com que sua marca tenha sido reconhecida assim pelos seus consumidores.

Se você estiver procurando por um presente desse nível, seja para você ou para outra pessoa, saiba que um Almaviva fará o papel de forma impecável. É um vinho memorável e que desperta paixões (inclusive a minha). Mas saiba também que existem outros que estão à altura.

Viva a qualidade das marcas. E viva o Almaviva!

Um brinde

Daniel Perches

You Might Also Like

2 Comentários

  1. 1

    Daniel,

    consagrar uma marca é o desafio de qualquer empresa e principalmente de seus executivos de marketing. Estive recentemente na Almaviva e o trabalho deles é mesmo impecável. Uma marca pode dizer muito sobre seu público consumidor e trocar a preferencia do consumidor é algo que os concorrentes tentam o tempo todo.

    Parabéns pela sua matéria.

    Abraços,
    Marco Aurelio

  2. 2

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>